Снять квартиру посуточно. Быстро снять посуточно квартиру в казани. Снять однокомнатную квартиру посуточно. Помощь в получении ипотеки. Удобное получение ипотеки в сбербанке. Что нужно для получения ипотеки. Отопление частного дома. Как сделать отопление частный дом схема. Частный дом монтаж отопления. Восстановление жесткого диска. Быстрое восстановление информации с жесткого диска. Восстановление данных жесткого диска программа. Кредит с плохой историей. Быстрые кредиты онлайн с плохой историей. Срочный кредит с плохой историей. В какой сервер играть в WOW. Топ world of warcraft серверы. Wow серверы pandaria. Круглопалочный станок чертежи. Круглопалочный станок купить дешево. Самодельный круглопалочный станок. Кредит на покупку квартиры. На долго взять кредит на квартиру. Кредит на покупку квартиры.

Menu

Dupla de Araçatuba é presa por roubo em caixa eletrônico de Bastos

Atualizado em Domingo, 07 Julho 2013 01:57
Colaboração/ Bastos Já Caixa eletrônico  danificado em empresa de Bastos pelos acusados do roubo, que são de Araçatuba Caixa eletrônico danificado em empresa de Bastos pelos acusados do roubo, que são de Araçatuba

Dois homens de Araçatuba foram presos no momento em que arrombaram um caixa eletrônico que fica no interior de uma empresa do centro de Bastos, região de Tupã. Um dos acusados, identificado como Cícero Jonathan, 29 anos, foi baleado pela Polícia Militar no ombro e nas pernas, ao tentar fugir.

Outro acusado, identificado como Adriano, também foi surpreendido no momento no assalto. Os dois são de Araçatuba. Cícero permance internado e Adriano foi encaminhado para o CDP (Centro de Detenção Provisória) de Caiuá. O roubo aconteceu na madrugada desta sexta-feira (5) no interior da empresa Fiação de Seda Bratac de Bastos, onde há um caixa eletrônico do Banco do Brasil.

De acordo com o delegado Roberto Bonfim, pelo menos três homens, armados com um revólver, renderam seis funcionários, entre eles um vigia, e chegaram ao caixa eletrônico. Um dos assaltantes ficou em uma guarita e manteve o guarda como refém.

Ouça entrevista com o delegado Roberto Bonfim (rádio Tupã):

Os outros dois foram até o caixa e iniciaram a abertura do compartimento que armazena das cédulas com maçarico. outros funcionários sentiram o cheiro de plástico queimado e chegaram a interfornar para o vigia que estava na guarita. Mas, a vítima, rendida pelo assaltante, foi obrigada a dizer que não havia nada de errado. Mesmo assim, os funcionários acionaram a Polícia Militar de Bastos, que cercou o local.

TROCA DE TIROS

Pelo muro, policiais perceberam o assalto. Em seguida, a PM entrou no local e houve troca de tiros. O bandido que mantinha o vigia refém conseguiu fugir.

Os outros dois homens que trabalhavam na abertura do caixa eletrônico foram presos no local. Jonathan foi baleado e levado para um hospital. Adriano se entregou e foi autuado em flagrante. A polícia recuperou R$ 10.950. O dinheiro já havia sido retirado do caixa eletrônico e estava em uma sacola plástica. O maçarico usado para abrir o equipamento e um revólver calibre 38 também foram apreendidos.

O delegado Roberto Bonfim acredita que além do rapaz que conseguiu fugir, uma quarta pessoa estaria dando cobertura ao assalto. Ele seria responsável pela fuga do grupo. Em depoimento, Adriano alegou ao delegado que havia sido contratado para abrir o caixa eletrônico com o maçarico e que receberia 20% do que fosse arrecadado no roubo. Ele confirmou que os envolvidos são de Araçatuba. A polícia tenta identificar os outros integrantes do bando.

Conforme o delegado de Bastos, Adriano, que já cumpriu pena de 8 anos de cadeia, registra antecedentes criminais por dois homicídios, tráfico de drogas e formação de quadrilha. Jonathan tem passagem pela polícia por roubo e furto, de acordo com o delegado. Atingido por três tiros, ele continua internado no Hospital São Francisco de Tupã, preso sob escolta policial.

DENÚNCIA

Quem tiver alguma informação que ajude na localização ou identificação de envolvidos no assalto ocorrido em Bastos, pode entrar em contato com a polícia por meio dos telefones 190 e 197. A ligação é gratuita e o denunciante não precisa se identificar.

Existe também a possibilidade da denúncia ser feita por meio da Internet. Para isto, basta CLICAR AQUI. As informações serão repassadas às autoridades e os dados serão mantidos no mais absoluto sigilo.

Deixar seu comentário

Postar comentário

0
termos e condições.
voltar ao topo